Blog da Jota

CORRETOR IDEAL

Ao pensar em comprar um imóvel, é importante buscar por um corretor de imóveis capacitado. É este o profissional que irá intermediar as negociações entre você – o comprador- e o vendedor (construtora). Ele analisa a documentação, procura por opções de financiamento e resolve tudo que envolve burocracia, para que você tenha mais segurança na hora de fechar negócio. Para não ter surpresas desagradáveis, fique atento a alguns pontos antes de escolher o seu corretor de imóveis. Confira:

1.Verifique o registro do corretor no Creci

A profissão de corretor de imóveis é regulamentada pela Lei Federal nº 6530/1978, ou seja, para exercer a atividade é preciso ter curso de capacitação e ser registrado em um Creci (Conselho Regional de Corretores de Imóveis). A fiscalização garante que quem exerce essa ocupação é capacitado e sabe lidar com as diversas questões exigidas, como a busca por financiamentos e documentações em geral. Para verificar o registro, basta solicitar a carteira de identidade que comprova que o profissional está regularizado.

2. Avalie histórico e experiência

Ter experiência no mercado de trabalho é essencial para saber se o corretor é bom ou não. Como em qualquer profissão, apenas exercendo a atividade que o profissional aprenderá a lidar melhor com questões rotineiras e excepcionais. Além disso, somente conhecendo bem o mercado é possível extrair deles as melhores oportunidades de negócio. Portanto, antes de contratar um corretor, pesquise e pergunte sobre a carreira e tempo de atuação.

3) Especialista na região

Conhecer bem a região onde atua facilita a resolução de dúvidas relevantes. O preço de mercado da localidade (indicar casos de supervalorização ou desconfiar de preços muito baixos é importante para que você não caia em ciladas), a arquitetura e estilo de vida predominantes, zonas de maior comércio e pontos de interesse do cliente (como escolas e hospitais) são informações que um corretor especializado na região pode passar com
segurança e agilidade.

4) Disponibilidade, confiança e atendimento pós-venda

Cada pessoa tem dúvidas e necessidades diferentes. O corretor deve estar disponível para atendê-las com respeito e atenção. Fazer um atendimento completo, com envio de feedbacks e apoio jurídico, são indicadores da seriedade e da capacidade do profissional. Assim, é possível gerar uma relação de confiança entre corretor e comprador. Além disso, te acompanhar após o fechamento do negócio, indicando serviços necessários pós-mudança, mostra o profissionalismo do corretor, já que só com esse acompanhamento ele pode ter certeza que o negócio foi realizado de forma efetiva.

Agora que você já sabe como avaliar um bom corretor, que tal conferir mais dicas sobre comprar a casa própria?

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado

Quer saber mais sobre o
imóvel dos seus sonhos?

Enviar mensagem