2ª Via Boleto

Dicas de como poupar o seu dinheiro

Com essas dicas você vai poupar e poderá investir nos seus sonhos.

Quem nunca sonhou com uma casa própria e carro na garagem? Se você já pensou assim e acha que não dá, não desanime! Seu sonho ainda pode se realizar, basta apenas poupar seu dinheiro da maneira certa.

Guardar dinheiro exige muito esforço e foco.  É preciso compreender que em alguns momentos é necessário reavaliar o estilo de vida no momento para construir algo no futuro.

Existem muitos fatores externos que dificultam o processo de economizar. Desemprego, crises, inflação e uma série de outras coisas.

Que aliás, são ótimos motivos para começar a economizar e fazer o famoso “pé de meia”. Já que não se sabe o dia de amanhã.

Apesar desses fatores externos, poupar nada mais é que uma escolha, e você pode traçar esse caminho todos os dias. Veja como é fácil:  troque o restaurante e leve comida de casa para o trabalho. Diminua o consumo de energia. Cancelando aquele serviço de streaming que quase não usa. Seja como for, a diminuição de gastos simples do dia a dia, já fazem parte da escolha de poupar.

Ah, mas então eu vou ficar sem aproveitar a vida? Claro que não.

Tudo na vida é equilíbrio, principalmente financeiro. Os gastos são comuns no nosso dia a dia. Mas para que não fiquemos reféns deles é necessário organizar nossas finanças, por isso, aqui vão algumas dicas de como se organizar e poupar uma graninha.

1 – Conheça sua conta bancária:

Antes de comprar qualquer coisa, dê um pause. Analise sua conta, veja seus débitos e seu saldo. Anote tudo que for preciso como quanto recebe, quando recebe, quais as datas de vencimento dos seus boletos, quanto em média possuí de gastos fixos (Luz, água, internet, plano celular). Quando você põe no papel é possível ter uma visão macro da nossa situação financeira atual.

2 – Brasileiro que é brasileiro negocia.

Continue com o pause antes de comprar qualquer coisa. Muita gente tem vergonha de fazer uma negociação antes de adquirir um produto, porém em alguns casos, pode te render um dinheiro a mais no fim do mês, tente sempre negociar pelo menos a forma de pagamento, se adaptando melhor a sua realidade econômica.

3- Crie metas econômicas.

É muito difícil dar um valor X para ser guardado, pois cada um possuí uma realidade diferente. Porém o ideal é reservar ao menos 15% da sua renda mensal. Porém para isso acontecer, é necessário responsabilidade e autodisciplina para ao menos conseguir reservar nem que seja uma porcentagem menor. Alguns especialistas até indicam a técnica 50/15/35 que é uma forma de garantir que você vai reservar parte da sua renda, sendo dividida da seguinte forma:

50% para gastos essenciais

35% para gastos desejáveis, seja viajar ou sair com os amigos

15% para poupar.

No entanto, é preciso tem em mente que algumas porcentagens vão aumentar ou diminuir de acordo com a sua realidade.

4 – Não caia em armadilhas.

Tenha cuidado com gastos que parecem inocentes, mas na verdade não são. Aquele docinho que é só R$4,00 também conta e pesa no orçamento mensal. Outra ilusão que pode virar uma armadilha é o uso do cartão de crédito, ele dá uma falsa sensação de maior poder aquisitivo, mas como tudo na vida, uma hora a conta chega, por isso use sempre com responsabilidade e de acordo com seu plano macrofinanceiro.

5 – Investimentos que geram retorno.

Muitas pessoas até poupam, porém acabam ficando com medo de investir.

Um bom investimento é no ramo imobiliário, pode até parecer impossível, mas com o corte de algumas despesas supérfluas e um bom financiamento, a casa própria chega e com ela, o fim do aluguel, liberdade para decorar e mobiliar, entre outros.

Como vimos, poupar pode render muitos frutos e não é um bicho de sete cabeças, mas requer muita disciplina e responsabilidade. Quanto antes começar, por menor que seja o valor, mais cedo seus sonhos podem se realizar.

E agora que você já sabe as principais dicas, que tal já pôr em prática?

Imóveis em Destaque

Posts Relacionados