2ª Via Boleto

Como saber se o valor do condomínio é justo antes de comprar um imóvel

Conhecer todos os gastos e despesas do condomínio é o primeiro passo para descobrir se o valor do condomínio é justo.

Escolher um imóvel dentro de um condomínio tem se tornado a escolha ideal para muita gente, pois, além de trazer ótimos espaços para lazer para criar os seus filhos, também trazem ótima segurança, devido aos seus sistemas de portarias.

Porém, devido a essas comodidades, muitos condomínios têm colocado valores absurdos em suas taxas condominiais e as pessoas têm se perguntado se realmente vale a pena comprar um imóvel dentro de um condomínio.

Entretanto, esses valores de condomínios absurdos não podem ser considerados regra, já que também existem muitos condomínios que oferecem ótimos valores em suas taxas em relação a custo-benefício.

Por isso, no post de hoje, nós, da Jotanunes, vamos dar a você algumas dicas de como saber se o valor do condomínio é justo antes de comprar um imóvel dentro do local.

Como é calculado o valor do condomínio?

Os valores das taxas condominiais são calculados baseado nos gastos que o condomínio tem com os seus serviços. Por exemplo:

Se o condomínio em que o imóvel dos seus sonhos está localizado tiver piscina em sua área de lazer, eles terão despesas para fazer a limpeza dela toda semana, mês ou, dependendo da frequência de uso, todos os dias. Então, consequentemente, o valor do condomínio será um pouco mais alto do que em lugares que não há piscina.

Por isso, para calcular se a taxa condominial do local do imóvel que quer comprar é justa, você deverá levar todos os serviços que o condomínio oferece. Assim, conseguirá obter um imóvel com o melhor custo-benefício.

Os serviços que você tem que levar em conta para realizar esse cálculo são:

  • Limpeza: Quando há, no local, serviços e área de lazer para a sua família, precisa-se de limpeza todos os dias e, às vezes, várias vezes no mesmo dia e isso também é acrescentado ao valor do condomínio;
  • Tamanho: Se o condomínio em que você for morar tiver um tamanho razoavelmente grande, as taxas condominiais tendem a aumentar, visto que os serviços prestados serão em maior quantidade para manter tudo limpo, organizado e funcionando perfeitamente;
  • Quantidade de moradores: Para fazer o cálculo e dar o valor da taxa condominial a você, o condomínio faz a soma de todas as despesas e divide pelo número de moradores que há no local, visto que eles desfrutam de todos os serviços. Por isso, a tendência é que quanto maior a quantidade de moradores, menor será as taxas que eles deverão pagar;
  • Portaria e segurança: Para garantir a segurança de todos os moradores, os condomínios adotaram serviços de portarias que, geralmente, ficam 24 horas por dia. Tendo que gastar com porteiros e, em algumas exceções, com portarias virtuais, os gastos com essas despesas também são inclusos nos valores do condomínio;
  • Manutenção do condomínio: Para manter todos os serviços funcionando, como a piscina do exemplo acima, os condomínios utilizarão de uma boa quantidade do fundo de seu caixa para cobrir essas despesas, por isso, esses valores também serão acrescentados ao valor do condomínio.

Como saber se o valor do condomínio é justo?

Quando você decide comprar um imóvel, em um condomínio ou em um bairro, analisa todas as necessidades que a sua família tem e os benefícios que ela terá ao morar naquele lugar.

Tendo um imóvel dentro de um condomínio, você terá todo o lazer e a segurança que um local de moradia fechado poderá oferecer. Além disso, em muitos deles, você terá, a sua disponibilidade, academia, piscina e o melhor divertimento para os seus filhos.

Por isso, na hora de escolher um condomínio para morar e saber se a taxa condominial é justa, analise todos os benefícios que você terá ao morar lá e compare com o valor que será pago. Assim, conseguirá obter um lugar com ótimo custo-benefício para você e sua família.

Equipe Jotanunes

Imóveis em Destaque

Posts Relacionados